Cultura

Morreu o autor de “Tu vives em mim”

Manuel Albano

O autor dos sucessos “Tu vives em mim” e “Isabel”, Kueno Aionda, morreu, ontem, de tarde, no Hospital Américo Boavida, em Luanda, aos 33 anos, vítima de doença, confirmou ao Jornal de Angola o director daquela unidade hospitalar.

Músico faleceu ontem na capital vítima de doença
Fotografia: Miquéias Machangongo| Edições Novembro

Agostinho Matamba informou que o cantor estava internado há mais de dez dias e o estado clínico inspirava cuidados redobrados. Mesmo com o trabalho da equipa médica, conta, não foi possível evitar o pior, devido ao estado grave do músico.

Músico reconhecido do mercado nacional, Kueno Aionda, que tinha uma carreira promissora, sempre primou por temas emotivos, capazes de despertar o melhor do amor. Ao longo da carreira procurou ser avaliado pelo trabalho apresentado, o primeiro dos quais, “Tu Vives em Mim”, colocado no mercado em 2013.
“Sinto-me bem a falar do amor. Gosto de compor letras que falam de paixões e assuntos que mexem com as emoções, mas sem descurar as questões sociais”, revelou, uma vez, numa das entrevistas dadas ao Jornal de Angola.
“Uma morte prematura”, assim descreveu o organizador do projecto “Show do Mês” e ainda produtor musical e empresário Yuri Simão na conta do Facebook. Ao lamento muitos outros actores sociais associaram-se para expressar os sentimentos de pesar.
Natural de Luanda, Kueno Merquides Aionda nasceu a 29 de Maio de 1986. Durante anos trabalhou para se impor no mercado nacional. Apesar de às vezes não conseguir, nunca desistiu dos sonhos, como aconteceu com o Festival da Canção de Luanda, que apenas depois de três tentativas o venceu, em 2010, pelo tema “Tu vives em mim”, que o consagrou. A partir daí nunca mais desistiu e conquistou vários prémios.

Tempo

Multimédia