Morreu Rui Legot em Paris


22 de Março, 2015

O músico angolano Rui Legot faleceu na madrugada de ontem, aos 74 anos, em Paris, cidade onde residia há muitas décadas, informou a embaixada de Angola em França.

Em comunicado dos serviços de imprensa, a embaixada expressa a “profunda dor e consternação” com que o corpo de diplomatas angolanos e a comunidade angolana em França tomou conhecimento da morte de Rui Legot, que nasceu a 7 de Dezembro de 1941, em Luanda.
O comunicado da embaixada angolana em França recorda que Rui Legot começou a tocar com a irmã, Conceição Legot, num concurso no Rádio Clube de Angola, em 1955, passando depois a fazer várias actuações até embarcar para Portugal.
Legot criou o Duo N’gola, com Henrique Rosa Lopes, que gravou, entre outros temas, o êxito “Bicho do Mato”(por vezes identificado como “Angola”) que a censura nunca deixou tocar em Portugal.
Em Portugal, refere o comunicado, Rui Legot dedicou-se ao teatro, mas para fugir à perseguição da PIDE, foi para Paris onde se instalou até à sua morte.
Profundo conhecedor dos meandros culturais da capital francesa, Rui Legot promoveu a imagem cultural de Angola, ao lado de outros artistas como Bonga, Carlos Nascimento e António Margarido, sublinha a embaixada.
“Ele foi um exemplar activista na mobilização da comunidade angolana em França, sendo fundador da Casa de Angola em Paris, associação que se destacou depois de 1994, com a realização de colóquios e divulgação da realidade angolana”, acrescenta.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA