Músico Caló Pascoal procura novos valores

Roque Silva|
31 de Janeiro, 2015

Fotografia: JA

Caló Pascoal apresenta hoje, às 9h00, no Jardim Espelho d’Água, no Cuito e amanhã, à mesma hora, no Jardim da Cultura, no Huambo, o segundo disco do seu projecto musical de duetos, intitulado “Critiqué Moin”.

A digressão começa com sessões de vendas e assinatura de autógrafos, e culminam com a realização de espectáculos às 22h00.
Os discos “Angola Tropical Show” e “Caló Pascoal e Amigos Vol.1” também são vendidos e autografados.
O músico e produtor revelou ao Jornal de Angola que vai aproveitar as ocasiões para descobrir talentos locais durante os concertos. Kito Nogueira e Camilo Júnior participaram no disco e vão cantar nos dois espectáculos.
A ideia, disse o artista, é dar prioridade a duas vozes locais de participarem nos espectáculos durante as suas deslocações pelas províncias, “com o objectivo de fazerem parte de um projecto que pretendo lançar”.
Caló Pascoal realiza a digressão “com pensamento de descoberta e intuito de encontrar bons intérpretes”, rematou.
O disco foi apresentado ontem, no espaço Haviliwaneno, no Cuando Cubango. Caló Pascoal realiza um concerto no dia 19 de Março, no Art Bar, em Bruxelas. A actividade tem como convidados os músicos Konde, Kito Nogueira e o são-tomense Juka.
Lançado a 14 de Dezembro de 2014, o disco, que tem 17 temas, marca a estreia de Caló Pascoal como produtor e intérprete de kilapanga e merengue. Tem ainda músicas em zouk e semba, onde destacam “Gatinha”, gravada pela banda de Juan Luís Guerra, “4.40”, e produzida por Luís Mansillas, detentor de oito Grammys, e “Critiqué Moin”, em dueto com Gustavie Cham, autora e a vocalista da banda antilhana Vikings.
O disco tem as participações de Matias Damásio, Konde, Karina Santos, Sara Dem, JD, Dalú Roger, Pedrito, Alex Samba, Beeks, os cabo-verdianos Roger e Philip Monteiro, o são-tomense Juka, os dominicanos Roger Zayas e Kico Rizek, e os antilhanos Frederick Caracas, Guy Sangue, Stephany Castri, Fred Valdêz, Guilou, Guy Jaquet, Pierre Doumergue e Mário Chicoti.
O CD foi gravado nos estúdios Kebra Galho e Letras e Sons, em Luanda, TD, em França, Hybrid, na República Dominicana, e Ozone, no Senegal.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA