Cultura

Nacobeta recordado por colegas de palco

Roque Silva |

A entrega de um Diploma de Mérito à família do kudurista Nacobeta marcou, quinta-feira à noite, na Cidadela Desportiva, em Luanda, a reabertura do projecto cultural “Quintas da Banda”, a qual o artista também fez parte da equipa de produção.

O radialista Salú Gonçalves, em representação da Rádio Nacional de Angola (RNA), fez a entrega do documento aos pais do artista, Carlos Fernandes e Belita António, em gesto de reconhecimento aos feitos e ao contributo do artista na música nacional, em particular no género kuduro.
A distinção póstuma ocorreu num ambiente de festa, no restaurante adjacente à Federação de Ténis de Mesa, e serviu para os colegas recordarem o trabalho do cantor que em vida também era conhecido nas lides artísticas como “Rei do Ndomboló”.
A reabertura da iniciativa, que reconhece os feitos dos artistas consagrados com concertos e homenagens, reuniu cantores de várias gerações e estilos musicais.
Sob o olhar atento dos filhos do malogrado, Robertinho, Maya Cool, Konde e Kyaku Kyadaff prestigiaram o certame, interpretando canções do seu repertório.
Zoca Zoca, Bobany King, Tuga Agressiva e Da Beleza representaram o kuduro, animando a plateia com temas de Nacobeta e contando cenas que viveram com o homenageado. A música afro house fez-se representar pelos grupos O Trio, Os Banah, Os Genuínos e Scró Q Kuia, a nova sensação deste género. O grupo Montwenu também se juntou à festa e espalhou o perfume da dança tradicional.

Tempo

Multimédia