Pedrito canta com Calabeto e Margareth


12 de Junho, 2015

Fotografia: Kindala Manuel

Margareth do Rosário, uma das convidadas a partilhar o palco com Pedrito, garantiu ontem, em Luanda, que vai dar o seu melhor no espectáculo de apresentação do novo disco do autor de “Romantismo e Fé”, amanhã, a partir das 19h00, no complexo turístico Weza Paradise, em Luanda.

Para retribuir o convite, disse, que está a preparar um repertório cujo destaque vai para a interpretação dos temas “Temperatura” e “Por amar-te tanto”, muito apreciadas pelos seus admiradores: “Vamos fazer uma festa bonita a dimensão de Pedrito por forma a dignificar o concerto de apresentação do seu novo disco”, garantiu.
Considera o autor de “Senhor Professor” como sendo “um dos mais brilhantes e exímio compositores no país”, pela forma como interpreta as canções e subsídios transmitidos as novas gerações de artistas: “Todos aprendemos com ele, por ser uma pessoa de fácil trato e gostar partilhar experiências com os mais jovens”, disse Margareth do Rosário.
Para Calabeto, que completou na terça-feira 53 anos de carreira, disse que já partilhou varias vezes o palco com Pedrito em espectáculos realizados no país: “Apesar de eu ter mais anos de carreira musical, Pedrito tem sido um dos defensores da cultura angolana pela importância do conjunto da sua obra”.
Durante o espectáculo, realçou, vai interpretar os temas “Ngamussengue” e “Ai Nzambi”.
O artista e os seus convidados vão ser acompanhados pela Banda Movimento constituída por Chico Madne e Nino Gomes (teclados), Teddy Nsingui (solo), Quintino (ritmo) Mias Galheta (baixo), Romão Teixeira (bateria), Correia Miguel e Massoxi (percussão), Mister Kim, Beth Tavira e Dorgan Nogueira (coros). Chico Madne, um dos responsáveis da banda, disse ontem ao Jornal de Angola, que a mesma vai interpretar dois temas do seu vasto repertório. “Tivemos uma semana de ensaio produtiva em função da entrega dos artistas, o que nos dá a garantia de excelente espectáculo”.
Vencedor do “Top dos Mais Queridos”, da Rádio Nacional de Angola, em três edições, nos anos de 1982, 1984 e 1986, Pedrito tem quatro discos no mercado: “Aleluia”, o primeiro CD da sua carreira, surgiu em 1994, gravado em Lisboa.
Em 2003 gravou o CD “Avó Béa”, disco produzido e editado em Angola pelas edições “Pedrinho Produções”, e o disco “Mensagens de amor”, colocado no mercado em Dezembro de 2008. Este ano, colocou no mercado o álbum “Romantismo e Fé”.
O músico conta ainda com os singles “Mãe Kuebi”, de 1971, e um ano depois surgiu o sucesso “Farrapo Triste”. O single “Comandante Jika” surge em 1976.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA