Projecto apoia músicos na gravação de discos

Mário Cohen |
15 de Julho, 2015

Fotografia: João Cunha

Os cantores em início de carreira e que não tenham possibilidades financeiras para gravar e colocar no mercado um disco vão poder ver o sonho concretizado, ao aderirem ao projecto “The Voice Angola”.

Maria Abreu, directora de marketing e comunicação da Multichoice Angola, informou ontem em Luanda que o objectivo do projecto é descobrir os melhores talentos da música ao nível do país.
Uma das finalidades é fazer das descobertas um meio para perpetuar a qualidade da música produzida actualmente por Matias Damásio, Anselmo Ralph, Maya Cool, Yuri da Cunha, Yola Araújo, Yola Semedo, Bruna Tatiana e Pérola, “que têm granjeado muito sucesso para o bem da cultura nacional”.
“The Voice Angola” consiste na realização de uma gala em Janeiro de 2016, antecedida  de um espectáculo em Outubro próximo, com transmissão exclusiva da DStv, aos domingos. Além da composição, a directora disse que o principal foco é encontrar concorrentes com excelente voz, de maneira que os jovens sejam orientados por músicos angolanos profissionais, na cidade sulafricana de Joanesburgo.
O projecto conta com o apoio da “Multichoice Angola” e da “African Media & Production Network”, para ajudarem os seleccionados a desenvolverem qualidades artísticas, físicas e mentais.
As primeiras audições têm início em Luanda nos dias 7, 8 e 9 de Agosto, no Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR), enquanto em Benguela estão agendadas audições para  8 e 9, a decorrer na capital, no Cine Monumental. Os interessados, com idade mínima de 18 anos, devem inscrever-se através do site “www:jangomagic.tv/thevoiceangola”, ou deverão se dirigir nas lojas da Multichoice e nos locais de audições, onde vão preencher os formulários, e devem apresentar passaporte actualizado.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA