Projecto artístico revisita gerações

Manuel Albano |
19 de Fevereiro, 2016

Fotografia: Santos Pedro

O projecto musical “Encontro de Gerações” permite criar uma maior cooperação e trocar experiências entre os artistas destacou ontem, em Luanda, o músico Jacinto Tchipa.

Em declarações ao Jornal de Angola na cerimónia de lançamento do documentário, o músico disse ser um momento marcante e contagiante a sua participação no projecto e aconselha a juventude uma maior aposta nos ritmos tradicionais.
“Fazer música não tem idade. Vivemos épocas diferentes mas o mais importante é continuarmos a incentivar os jovens a apostarem um pouco mais na formação artística e musical”.
O passado, disse, deve servir como exemplo, por formas aos mais jovens aproveitarem o legado que a antiga geração deixou como testemunho. “Ver os jovens a interpretarem as minhas canções deixa-me feliz. Espero apenas que os jovens apostem mais em temas em línguas nacionais, como forma de valorizar as nossas tradições”.
Gaby Moy, que fez dueto com Titica no projecto, disse que apesar dos jovens estarem a seguir outros estilos, isto tem permitido a criação de uma nova dinâmica no mercado musical angolano.
“Não devemos nos preocupar tanto com essa questão, porque a música angolana tem força e já se vê muitos artistas a regressarem aos ritmos tradicionais, por reconhecerem a importância de uma maior valorização das nossas tradições”.
O músico Totó disse que o legado é transmitido com a gravação do documentário “Encontro de Gerações” que vai permitir aos jovens conhecerem melhor e interagirem mais em espectáculos com músicos consagrados.
Totó incentivou os empresários a apostarem mais no produto nacional, por forma a dar maior oportunidades aos artistas, tendo realçado que as escolas de artes que estão a surgir no país têm ajudado a melhorar a qualidade dos artistas.
Já Big Nelo frisou que o projecto vai ajudar a criar arquivos e permitir que haja um legado para as futuras gerações. “Puder cantar com artistas que sempre admirei e trocar experiência foi bastante gratificante para mim”.
Matias Damásio, um dos mentores do projecto, considerou a iniciativa como sendo um dos maiores feitos na preservação e divulgação da  música angolana. “O momento representa e monstra a união entre a nova e a antiga geração de músicos nacionais”.
Este documentário, adiantou Matias Damásio, possibilita uma maior aproximação entre os artistas de várias gerações e estilos musicais diferentes. “Temos de dar continuidade ao que já foi feito e deixar também o nosso legado.”
A cantora Dina Santos destacou os momentos inesquecíveis durante a sua participação no projecto, na qual fez dueto com Yannick Afroman, e sentir o afecto que a nova gerações deposita aos artistas consagrados. “Sinto-me feliz por ter participado no projecto que vai contribuir para a preservação e eternização da música nacional”, disse Dina Santos. A cantora elogiou o surgimento no mercado artístico angolano de vozes feminina, tendo afirmado ser “importante continuarmos apostar em projectos que permitem a promoção e dar oportunidades de surgirem novos talentos”.
Pérola, que no projecto fez dueto com Bonga, afirmou ter sido uma experiência positiva, uma vez que “a nova geração tem mais que aprender com a experiência dos mais velhos e promovermos mais os estilos tradicionais”.
O director nacional de Acção Cultural do Ministério da Cultura disse que o documentário “Encontro de Gerações” é uma forma de ajudar a preservar a música angolana.
Vieira Lopes destacou a importância de se criarem mais iniciativas do género como o projecto musical lançado pela Unitel para assinalar os 40 anos de Independência Nacional. “O projecto é ambicioso e constitui um documento de grande relevância, que vai servir de testemunho para as próximas gerações”.
O Projecto é uma iniciativa das produtoras “Arca Velha”, de Matias Damásio, e “Bom Som” de Anselmo Ralph. “Encontro de Gerações” é o título do documentário musical vai chegar ao público dia 5 de Março, em formato de Disco Digital Versátil (DVD).

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA