Revista britânica distingue Mariza


8 de Maio, 2016

A fadista portuguesa Mariza venceu o prémio de melhor artista atribuído pela revista britânica “Songlines”, com o álbum “Mundo”, informou, ontem, a publicação.

A oitava edição dos prémios de música atribuídos por esta publicação de referência na área da “worldmusic”, Mariza estava nomeada na categoria de melhor artista, juntamente com a cantora luso cabo-verdiana Lura, o grupo Fauna e o músico senegalês Seckou Keita.
“Mariza regressou em 2015 com um álbum que,mais de uma reinvenção, é uma extensão ousada do seu papel como representante global do fado”, afirma a “Songlines” a propósito de “Mundo”, eleito pela revista um dos melhores discos do ano passado.
Para a publicação, Mariza surge “não só como uma das melhores fadistas da sua geração, mas também como uma das mais carismáticas artistas do mundo, fazendo a ponte entre géneros populares e tradicionais de uma forma visionária”.
Os prémios de música da “Songlines” repartem-se em sete categorias diferentes, cujos vencedores são escolhidos pelo público. Nesta edição, os restantes premiados foram os Africa Express de Damon Albarn e companhia (melhor grupo), os malianos Songhoy Blues (revelação), o tocador de kora senegalês SeckouKeita (África e Médio Oriente), o britânico Sam Lee (Europa) e a dupla BallakéSissoko& Vincent Segal (Fusão).
A propósito dos prémios, a “Songlines” organiza um concerto a 3 de Outubro no BarbicanCenter, em Londres, no qual actuam Mariza e Debashish Bhattacharya.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA