Romântico Anselmo Ralph animaTerras do Progresso

Nicolau Vasco | Menongue
1 de Outubro, 2014

Fotografia: Nicolau Vasco | Menongue

O músico e compositor Anselmo Ralph, acompanhado da sua banda internacional, realizou no fim-de-semana, em Menongue, um espectáculo que deixou eufóricos centenas de admiradores que afluíram ao local.

O mega espectáculo, com três horas de duração, foi antecedido de uma concorrida sessão de venda e assinatura de autógrafos do seu último disco, intitulado “A dor do cupido”, no Largo 23 de Março desta cidade.
O músico mostrou-se surpreendido com a quantidade de pessoas que se deslocaram ao Largo 23 de Março, que em menos de duas horas esgotou por completo os três mil exemplares que o músico levou às Terras do Progresso.
Com uma plateia muito animada, Anselmo Ralph não deixou os seus créditos em mãos alheias e, durante três horas, interpretou os seus principais sucessos, conhecidos pela população, com quem interagiu do princípio ao fim da actuação.
Anselmo Ralph, que vai comemorar dez anos de carreira com um espectáculo no Meo Arena, em Lisboa, revelou que em termos de espectáculos já realizado, durante a digressão promovida pela Unitel, o do Cuando Cubango esteve entre os melhores, pela maneira como foi recebido e acarinhado pela assistência.
“Comentei há pouco com minha a produtora que o Cuando Cubango, se não foi a província que mais vibrou, é justamente uma das mais prestigiantes, onde a população incansavelmente aplaudiu e cantou comigo, desde o princípio ao fim do espectáculo”, disse.
A digressão de Anselmo Ralph, no âmbito do festival “10 milhões de clientes da Unitel”, teve início em Junho, na cidade do Huambo, e tem o encerramento previsto para o próximo dia 25, no Largo da África, da cidade de Benguela.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA