Samanguana e Matadidi são distinguidos no Uíge

José Bule| Uíge
8 de Julho, 2014

Fotografia: Mavitidi Mulaza| Uíge

Os músicos Matadidi e Samanguana foram homenageados, numa cerimónia no Cine Ginásio, pelo Governo Provincial do Uíge, pelo empenho "em prol da cultura nacional e dinamização das artes".

Matadidi Mário, 72 anos, autor de sucessos como “Volta Camarada” e “Café”, e Samanguana,  69, criador de “Susana” e “Tio António”, receberam diplomas de mérito entregues pelo governador Paulo Pombolo.
Na cerimónia, Matadidi interpretou três dos seus mais conhecidos temas e evidenciou alguns dos seus raros movimentos de breakdance e sapateado. Numa imitação do malogrado artista norte-americano James Brown, empolgou os mais de 300 convidados. O público também aplaudiu quando Samanguana começou a cantar “Tio António”. Como “filho da casa", foi ovacionado.
Na cerimónia, inserida no programa comemorativo dos 97 anos de fundação da cidade do Uíge, foram igualmente distinguidos os músicos Tabonta, Pépé Pepito, Leão Pululu, Wiza, Amadeu Cardoso, Lina Alexandre, Teta Lando (a título póstumo) e Teresa Domingos, bem como o grupo de dança Zombo Kanda.
Ary foi a principal atracção da homenagem aos músicos e da entrega dos prémios da Expo-Uíge 2014. A artista interpretou temas novos e antigos da sua autoria, entre os quais o êxito “Você me escangalha”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA