Cultura

Teta Lando é louvado pela obra brilhante

A Direcção Provincial do Zaire da Cultura homenageia hoje, em Mbanza Congo, à título póstumo, o artista e compositor  Alberto Teta Lando, em reconhecimento ao seu contributo para a cultura nacional.

Músico é homenageado hoje em Mbanza Congo
Fotografia: Arquivo | Edições Novembro

Em declarações à Angop, o chefe de departamento de artes e acção cultural da Direcção Provincial da Cultura disse que é promovido um espectáculo no Cine Clube com a participação de 15 artistas e uma banda, durante o qual vão ser interpretados alguns trechos musicais do artista falecido em Julho de 2008.
Considerou a homenagem a Teta Lando como um momento significativo que vai servir para lembrar a brilhante carreira deste artista que é considerado como um dos ícones do music hall angolano.
Alberto Teta Lando nasceu a 2 de Junho de 1948 em Mbanza Congo. Em vida desempenhou as funções de presidente da União Nacional de Artistas e Compositores - Sociedade de Autores (UNAC-SA).
Entre os seus sucessos do músico constam músicas como “Kinguibanza”, cantada em 1964, em língua nacional quimbundo, “Um Assobio Meu”, “Negra de Carapinha Dura”, “Angolano Segue em Frente”, “Reunir”, “Eu Vou Voltar” e “Tata Nkento”.

Tempo

Multimédia