Vladmiro Gonga no Palácio de Ferro

Francisco Pedro |
11 de Junho, 2016

Fotografia: Arquivo | Edições Novembro

O palco “Ngola”, da III Trienal de Luanda, no Palácio de Ferro, acolhe hoje, às 21h00, o concerto do cantor e compositor Vladmiro Gonga, acompanhado pelos instrumentistas Bernadino Macanza (teclado), Cloves Esteves (guitarra), João Maleko (baixo), Dedilson Carlos (bateria) e Bernas Pascoal (percussão).

Vladmiro Gonga  afirma-se como artista de “massemba”, sendo um dos músicos que privilegia o género canção, e faz-se acompanhar de violão. Durante uma hora, no palco “Ngola”, o cantor polivalente em estilos vai fazer várias fusões além da preferência em interpretar semba e afrojazz 
O concerto,  com entradas livres, é antecedido pelo pianista João de Oliveira, no palco “Axiluanda”, inserido no projecto “Kutonoca”, que o pianista tem brindado o público há mais de um mês, em residência artística.
Vladmiro Gonga é defensor das diferentes abordagens artísticas, a sua produção musical espelha preservação aos traços culturais africanos, embora o seu desejo esteja vincado à música jazz, em diferentes idiomas.
Autor do disco “Massemba Jazz”, álbum de estreia que considerou um tributo aos compositores angolanos cujo percurso e carreira contribui para a afirmação da história da música popular, tais como Liceu Vieira Dias, Filipe Mukenga, André Mingas, Ruy Mingas, Waldemar Bastos, Carlitos Vieira Dias. No mesmo palco  actuou, ontem, o músico Hélder Tavares “Derito”, com os instrumentistas N’Cheriff (baixo), Gato Bedeseyele (percussão), Raidel Ortiz (trompete), Adonis Leon (saxofone), Zuma Sónor (bateria), Nino Jazz (teclado), Mila Makomba e Isabel Brás (coros).
 
Programa semanal

A III Trienal de Luanda promove todas as semanas exibições de dança, música popular, música gospel e peças de teatro. Os grupos de rebita União Elite, Os Novatos da Ilha do Cabo e o grupo de música tradicional Kituxi, integram essa programação regular no Palácio de Ferro, realizada todas as sextas-feiras.
Na quinta-feira, reservada especialmente ao teatro, a companhia Twana Teatro apresentou o espectáculo dramático “Roque Santeiro”, com os actores Pedro dos Santos, José Gomes, Érica de Ite, João Sangonjo, Wilson Capitão, Manuel Sambo, José Manuel, Suzeth Ekuikui, Janice Lolita  e Fernando Rosário. A peça é baseada no livro de Hendrick Vaal Neto, direcção e adaptação de Vítor Sampaio, cenografia de José dos Santos, iluminação e sonosplastia sob a responsabilidade de João Kambinza, uma co-produção da On-Arte e a Companhia Twana Teatro.
As actividades da III Trienal de Luanda, sob o lema “Da Utopia à Realidade”, decorrem até 30 de Novembro, e contam com os apoios do Governo da Província de Luanda, da Comissão Administrativa de Luanda, do Ministério da Cultura e os patrocínios da UNITEL, do Banco Atlântico e da Endiama.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA