Yola Semedo disputa prémio

Roque Silva |
3 de Agosto, 2016

Fotografia: Paulo Mulaza

Chetekela, Rhayra Silva, Wilmar Nakeni, Frederico Tiago e Rui Orlando concorrem a um dos seis lugares da nova categoria dos prémios African Entertainment Awards USA (Prémios Africanos de Entretenimento dos Estados Unidos), denominada “Talento Desconhecido”, anunciou ontem pela organização.

Os cantores angolanos foram encontrados durante um concurso realizado no domingo a tarde, no Miami Beach, na Ilha de Luanda, durante o qual foram testados um total de 15 emergentes artistas.
Os cinco superiorizaram-se aos demais, depois de passarem por três fases do teste que integrou actuações ao vivo acompanhados por uma banda, em acapela e playback.
Chetekela, Rhayra Silva, Wilmar Nakeni, Frederico Tiago e Rui Orlando disputam a um dos seis lugares com um concorrente de Moçambique, dos Camarões, Gabão, Ruanda, Etiópia, África do Sul e do Zimbabué.
O presidente dos Prémios Africanos de Entretenimento USA disse ontem ao Jornal de Angola que ficou impressionado com o talento dos artistas angolanos. Dominic Tamin afirmou, por outro lado, que os talentos angolanos reúnem qualidades para ficar entre os seis finalistas da categoria.
Revelou que os cinco angolanos constam de uma lista de artistas na qual a organização dos Prémios Africanos de Entretenimento USA se propõem em promover as suas carreiras no exterior. “A presente edição é como se fosse um especial Angola, por isso apelo o empresariado a ajudar a promover a cultura angolana pelo mundo”, disse o norte-americano que se encontra em Angola desde a passada sexta-feira à convite da organização do concurso Angola Music Awards.
Com a criação de mais uma categoria que visa apoiar novos talentos sem possibilidade de se exibirem em grandes palcos, Angola passa a ser, pela primeira vez em três edições, o país com o maior número de concorrentes. A qualidade da música moderna angolana permitiu superar a concorrência dos músicos nigerianos, que até então eram os que mais eram indicados entre as 30 categorias em concurso.
Yola Semedo, Anselmo Ralph, Coréon Dú, Pérola, Nsoki, Ana Joyce, Master Jake, Badoxa, Jay Oliver, Lípsia, Os Moikanos estão indicados para as categorias de Melhor Artista Masculino e Feminina da Lusofonia, Melhor Artista Masculino e Feminina de África do Ano, Artista Revelação, Melhor Novo Talento e Melhor Grupo de Dança.
Fundação Lwini concorre ao Prémio Comunitário, enquanto Daniel Mendes a Melhor Promotor e os prémios Angola Music Awards para Melhor Gala de Premiação.
Os vencedores são anunciados durante uma gala de premiação a ser realizada no dia 22 de Outubro, em Nova Jérsia, nos Estados Unidos.
Anselmo Ralph venceu a categoria de melhor artista masculino dos Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), enquanto Dj Darcy arrebatou o troféu de Melhor Colaboração, com o tema “Wawera”, da edição 2015.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA