Música electrónica ganha vida na Baía

Edivaldo Cristóvão |
17 de Abril, 2015

Fotografia: Paulo Alves |

A tenda da Baía, na Marginal de Luanda, é palco amanhã, a partir das 22h00, de um espectáculo de música electrónica, a ser realizado em alusão ao 20º aniversário de carreira dos DJ Paulo e Ricardo Alves.

O espectáculo, no qual a organização espera ter mais de quatro mil pessoas, conta ainda com as participações especiais dos DJ Leandro Silva e Wallgee. No local foi montado um cenário diferente, por Paulo e Ricardo Alves serem considerados como os maiores divulgadores da música electrónica em Angola.
O DJ Paulo Alves disse ao Jornal de Angola que a celebração dos 20 anos de carreira, além do espectáculo em Luanda, inclui também uma digressão pelo Namibe, Lubango, Huambo, Benguela e Lobito. “Hoje a música electrónica já conseguiu conquistar um mercado e um público. Antes o acesso a este género era difícil, mas actualmente há mais de 300 mil seguidores nas redes sociais. Porém, ainda é preciso investir nos artistas deste género, que já tem também muita projecção além fronteiras”, disse. Paulo Alves apontou como um dos principais ganhos da carreira de DJ, o facto de terem conseguido promover a música electrónica em quase todo o território nacional e no estrangeiro. “Agora podemos dizer que é dos estilos mais ouvidos actualmente nos principais palcos de dança do país, graças ao esforço e dedicação dos DJ nacionais.”
O artista adiantou que a dupla pretende abrir uma escola de DJ, para ensinar potenciais talentos em música electrónica. Neste momento têm um single editado pela DJ For África que já está disponível nos sites de venda do género, como o “Traxsource” e o “BeatPort”.  “A maior parte dos jovens acredita que ser DJ é apenas ter os aparelhos e fazer as misturas. Mas estão errados, porque requer um gosto pela música e a arte de tocar. Por isso queremos abrir a escola e mostrar aos jovens como elevar o nome de Angola nas pistas internacionais”, acrescentou.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA