Música popular teve um papel fundamental

Manuel Albano |
13 de Novembro, 2015

A importância da música popular e urbana para a Independência do país, na denúncia das injustiças do regime colonial português e para a criação de uma identidade capaz de aproximar os angolanos foi destacada, ontem, pelo músico Elias dia Kimuezo.

“Foram momentos difíceis que o país viveu e os jovens precisam de valorizar mais os ritmos e estilos musicais, particularmente o semba, porque ajudaram a transmitir mensagens do sofrimento que os angolanos viveram na época”, disse. Os estilos nacionais, acrescentou, permitem diferenciar a realidade cultural nacional da de outros países, por isso, aconselha “os músicos à pesquisarem mais e a procurarem auxílio dos mais antigos na melhoria das suas composições”.
Os centros culturais, sublinhou, precisam de criar projectos mais interactivos que ajudem a promover a música angolana e os seus intérpretes, como o faziam antes. “Era nos musseques onde enaltecíamos, através das canções, os feitos dos heróis, assim como reclamávamos as injustiças”, contou, além de anunciar um novo projecto musical, concebido para servir de legado aos jovens.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA