Músico Bono defende a Net


12 de Novembro, 2014

Fotografia: AFP

Bono defendeu o Spotify das críticas, segundo as quais o serviço de músicas digitais paga pouco a quem as que cria, e salientou que o streaming abre novos caminhos para os artistas chegarem ao público.

“Os serviços de streaming são uma maneira muito atraentes de chegar às pessoas, que é final do que queremos para as músicas do U2”, disse o vocalista.
Os comentários do músico foram feitos numa altura em que estes serviços estão a ser muito contestados após a cantora Taylor Swift ter retirado o seu catálogo inteiro do Spotify.
Bono, sem se referir directamente a Taylor Swift, garantiu que 70 por cento do que Spotify ganha vai para as gravadoras.
“O verdadeiro inimigo não está entre os downloads digitais. A luta está na transparência. A indústria musical se envolveu em manipulações”, referiu.
O músico revelou a decisão do U2 ceder o novo álbum, “Songs of Innocence”, para download gratuito no iTunes.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA