Músico Kipaca defende raízes culturais

Marcelo Mnauel | Ndalatando
28 de Novembro, 2014

Fotografia: André Brandão | Ndalatando

Kipaca afirmou ao Jornal de Angola ser importante divulgar mais os vários géneros musicais do Cuanza Norte para tornar os artistas da província mais conhecidos.

O cantor disse que “a província tem uma diversidade de talentos que precisam apenas de oportunidades para darem nas vistas”.
Kipaca, com três discos gravados, anunciou que tem outro em preparação, com 12 temas em rap, guetto zouk, r&b e soul music, que deve ser posto à venda no próximo mês, numa primeira fase em Luanda, Ndalatando, Dondo e Malanje.
O mix-tapes conta com participações de vários músico, entre os quais Witnei, Boy-G, Vakola, Kota Jovete, N.D e Kielize.
A produção e masterização do disco foram feitas no país.  O lançamento do quarto disco antecede a edição do primeiro single do cantor e compositor, que deve ser posto à venda em Maio. Kipaca, que começou a cantar em público em 2005 em Luanda, teve quatro anos depois para prosseguir os estudos de ir para o Cuanza Norte, onde concluiu formação superior em Pedagogia.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA