Músico quer defesa das raízes nacionais


11 de Novembro, 2014

O músico Joy Artur defendeu em Luanda, que a nova geração de artistas deve  ter mais profissionalismo, para promovera cultura nacional.

Reconheceu que a música nacional está a viver “um bom momento”, mas é preciso apostar mais em temas que simbolizem as raízes nacionais.
O artista pediu ainda a criação de uma relação positiva entre os músicos  da antiga e nova geração, com o intuito de  promover uma maior troca de experiências. Destacou a importância de serem promovidos os músicos a nível nacional e internacional.
“Os promotores de espectáculos devem proporcionar condições mais favoráveis aos artistas nacionais”, disse.
O músico, que foi o homenageado desta edição do programa Muzongué da Tradição, considera fundamental a criação de um intercâmbio mais forte entre as gerações de músicos, que não se limite apenas aos espectáculos, mas inclua também, por exemplo, o lançamento de discos.
Além do homenageado, o espectáculo contou ainda com actuações de Augusto Chacaia, Chico Montengro, Dom Caetano, Bangão e Susanito, com o suporte das Velhas Glórias do Prenda.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA