Músico regressa aos discos


18 de Agosto, 2016

O artista Zé Maria Boyoth está em trabalho de gravação do quarto disco, intitulado “Boyoth-Angocuba”, em Havana, Cuba.
O disco, que chega ao mercado ainda este ano, é gravado com a produção do compositor cubano, o trompetista Leonardo Velasquez “Leo”, e tem 14 temas  em vários estilos.

O músico informou ainda que está a trabalhar com artistas que possuem um alto grau de sensibilidade africana, “uma condição indispensável para o novo disco poder alcançar a qualidade desejada”.
As músicas, que também prestam homenagem a David Zé, no tema “Mona kujimbe manhenu”, são  cantadas em quimbundo, português e espanhol. Os ritmos apresentam uma fusão especial, que para o compositor é uma chance de conquistar o mercado. Para promoção, sai dentro em breve um single que comporta dois temas, com uma execução rítmica à base da mistura do semba e da salsa.
Zé Maria “Boytoh” compositor e investigador de música popular é conhecido por empreender um processo singular de recolha e interpretação do cancioneiro tradicional do centro norte de Angola, que privilegia, sobretudo, os povos que habitam a zona de confluência dos municípios do Lucala, Samba Caju e Kalandula, incluindo a zona do Golungo Alto, Cazengo, Camabatela e Luanda.
O conjunto da sua obra musical, embora seja pouco referenciada, representa uma amostra importante de valorização patrimonial e de preservação do cancioneiro tradicional angolano em quimbundo.
António José Mateus, de seu nome completo, é natural de Ndalatando, província do Cuanza Norte, e começou a cantar ainda em tenra idade, influenciado por um tio.
Na altura, utilizava instrumentos musicais fabricados por ele mesmo, como viola de três cordas, sendo a bateria é o seu instrumento predilecto. O cantor tem no mercado os discos “Surukuku” (1993), “Jogo Mágico” (1998) e “Bênção” (2010).
Nas vestes de produtor musical, Zé Maria trabalhou com vários músicos angolanos, com realce para os grupos O2, Manú Menezes, Yannick  Afroman e a cantora Sónia António. Zé Maria Boyoth é licenciado em Ciências Históricas, na Rússia.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA