Músicos angolanos internacionalizados

Roque Silva|
7 de Novembro, 2014

Fotografia: Francisco Bernardo

Os vencedores das próximas edições do Angola Music Awards (AMA) vão actuar nos concursos semelhantes realizados na Namíbia, África do Sul, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde, informou ontem a organização.

Aparticipaçãodemúsicosangolanos nos MusicAwards daqueles países é uma realidade graças a acordos de parceria assinados entre o AMA e os organizadores dos concursos.
O coordenador-geral doAMA adiantou que o acordo é parte de um protocolo de intercâmbio cultural para a internacionalização dos artistas concorrentes.
A promoção qualitativa e abrangente da música feita pelos artistas angolanos no exterior – disse Daniel Mendes ao Jornal de Angola – é o objectivo principal do acordo. “É uma porta para a expansão de extractos da cultura daqueles países.”
Um protocolo idêntico foi assinado em Outubro com os responsáveis do MozambiqueMusicAwards, que culminou com a actuação, no dia 18, de Gabriel Tchiema, DJ Paulo Alves e Elly Chuva, na VI edição do concurso.

Angola ao Vivo


KyakuKyadaff, N’Soki, Gabriel Tchiema, Sandra Cordeiro e o DJ Paulo Alves são alguns dos artistas nacionais que actuam na primeira edição do “Angola ao Vivo – Festival da Dipanda”, que se realiza no dia 15 no MEO Arena, em Lisboa, Portugal.
Os músicos participam no concerto de comemoração dos 39 anos da independência de Angola,a convite da organização doAMA, por terem já sido distinguidos neste concurso.
Na edição passada do Angola Music Award, KyakuKyadaff foi distinguido como prémio de artista revelação, melhor kizomba e música do ano, enquanto Nsokivenceu na categoria de melhor artista feminina, Gabriel Tchiemana de melhor tema do Leste, Sandra Cordeiro na de melhor afro jazz/worldmusic e Paulo Alves na de melhor DJ. Além desses, a organização confirmou já a presença de Paulo Flores, Yuri da Cunha, NGA, MasterJake, Os TabankaDjazz e SuzannaLubrano.

Datas e inovações

A próxima edição do Angola MusicAwards (AMA) é realizada a 30 de Maio de 2015, na cidade de Saurimo, Lunda Sul, e vai incluir categorias dedicadas a programas de rádio e televisão.
O período de inscrições vai de 17 deste mês a 16 de Janeiro, que podem ser feitas também pela internet,através do site www.angolama.com. O objectivo desta inovação é  permitir o registo de artistas com trabalhos editados este ano.
O Governo Provincial de Luanda, os ministérios da Cultura, da Juventude e Desportos e da Hotelaria e Turismo, bem como a União Nacional dos Artistas e Compositores e a Sociedade Angolana do Direito de Autor são parceiros nesta actividade cultural.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA