"MyLove" do Mutumbela Gogo na televisão


3 de Janeiro, 2015

Fotografia: Divulgação

O grupo de teatro Mutumbela Gogo pretende gravar, a partir deste mês, uma série baseada na peça “Chapa 100 - My Love”, que retrata as peripécias no dia-a-dia do sistema de transportes semi-colectivos de passageiros um pouco por todo Moçambique, com particular incidência na cidade de Maputo.

A série, com a previsão inicial de 13 episódios, resulta do interesse que a peça de teatro causou ao público e vai ser gravado em parceria com a Televisão de Moçambique, segundo informou ao jornal “Notícias”, Manuela Soeiro, coordenadora do grupo Mutumbela Gogo.
Manuela Soeiro disse que esta é a primeira vez que o grupo produz uma série e este vai ser gravada com todos os actores que participam na peça “Chapa 100 - My Love” e outros com quem o grupo trabalha. O projecto inclui uma simulação da rua para retratar a realidade.
“Já estamos a fazer os testes necessários para podermos arrancar ainda este mês com as gravações da série. A previsão é de fazermos 13 episódios”, afirmou Manuela Soeiro, para quem a recriação dessa peça teatral resultou do interesse público.
A responsável disse que a gravação desta série faz parte de um conjunto de actividades programadas pelo Mutumbela Gogo para o ano 2015, que se espera seja de muito trabalho tal como foi planificado. O espectáculo “Chapa 100 - My Love” conta a história de duas personagens, Quito e Titos, motorista e cobrador, que trabalham num transportes semi-colectivos de passageiros onde passam a maior parte do tempo a enfrentar diversos  constrangimentos.
Encenada por Manuela Soeiro, a peça retrata a situação vivida pelos passageiros do transportes semi-colectivos de passageiros, conhecido em Moçambique por “Chapas”, como consequência da acção dos operadores, que justificam a sua acção com os aborrecimentos na via pública. Entre os constrangimentos destacam-se o intenso tráfego, buracos nas estradas, a suposta acção corrupta da Polícia e a intolerância dos patrões, proprietários dos veículos que são retratados na série televisiva.
O “Chapa 100 - My Love” é uma história baseada no actual cenário que se vive na capital de Moçambique e que resgata o lado social dos operadores, mostrando que são pessoas como outras, com sentimentos e espírito solidário, sempre que as situações se impõem. A peça conta com a participação de actores como Jorge Vaz, Horácio Mazuze, Dalila Figueiredo, Flávia Mabote, Samuel Mhamatane, Tonecas Xavier e Nilma.

Festival  internacional

No rol das actividades programadas para este ano, o grupo teatral Mutumbela Gogo prevê a realização de um Festival Internacional de Teatro inserido nas celebrações dos 28 anos da colectividade artística, que se celebram este ano.
O festival vai decorrer em Novembro, com a participação de grupos de teatro da África do Sul, Alemanha, Cabo Verde, Itália e Portugal entre outros colectivos que vão ser convidados ao longo do ano.
Manuela Soeiro referiu que a ideia inicial era que o festival fosse realizado em Março de 2015, mas para fazer coincidir com as celebrações do aniversário do Mutumbela Gogo foi transferido para Novembro.
“Vai ser ainda estabelecido o período em que deve durar o Festival Internacional de Teatro do Mutumbela Gogo, mas a ideia é que todos os grupos convidados apresentem os seus trabalhos e haja espaço para troca de experiência entre todos eles.”
Manuela Soeiro referiu ainda que para além do festival internacional, o grupo está a preparar quatro peças de teatro que vão ser produzidas durante este ano.“Não nos é favorável revelar os títulos das peças que pretendemos produzir, mas todas elas vão retratar, como sempre, os problemas sociais do dia-a-dia dos cidadãos moçambicanos”, acrescentou Soeiro.
Uma das peças, destacou Manuela Soeiro, é uma comédia sobre a corrupção adaptada do texto de um dramaturgo russo. Este texto vai ser adaptado a realidade moçambicana.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA