Namibe tem uma nova colectânea poética

João Upale | Namibe
26 de Novembro, 2014

Fotografia: Augusto Laurindo | Namibe

“Poética Mucubal do Namibe” é o título da colectânea de poesia apresentada, este final de semana, ao público do Namibe.

O livro, que tem a chancela da editora brasileira Ómnira e o apoio da União Baiana de Escritores, conta com a participação de dez jovens autores do Namibe e é resultado de uma iniciativa da Direcção Provincial da Cultura.
A cerimónia de apresentação do livro foi feita pelo escritor e editor brasileiro Roberto Leal, que também organizou os textos da colectânea e produziu a capa onde figura a mulher mucubal, assim como ministrou, durante três dias, uma acção de formação de criação literária para aos jovens autores.
No acto, Roberto Leal destacou que com a publicação do livro os jovens autores têm mais possibilidades de seguirem o seu sonho. “É uma oportunidade de mostrar novas tendências da literatura angolana”, disse, adiantando que vai formar agora os jovens do Uíge e Luanda.
A directora da Cultura do Namibe e a responsável pelo projecto, Euracema Major Ambrósio, disse que o livro explora, fundamentalmente, a riqueza cultural da região. “Pedimos aos autores para mostrarem um pouco da actual realidade social da província, assim como a relação entre as diversas culturas existentes hoje entre os Mucubais”, disse. O livro é apresentado também noutras províncias do país.
Os autores seleccionados para esta edição foram Antoninho Sambango, David Matuca, Ercélio Tiago, Joaquim Txifunga, Josué Ananias, Kiala Lemba, Rodrigues Silva, Rosa Adão, Lúcia do Carmo Morais e Xavier Candongo.
 
Revista “Ómnira”

 
O editor brasileiro aproveitou ainda a ocasião para apresentar a nova edição da revista “Ómnira”, uma publicação lusófona, com textos de autores contemporâneos angolanos e brasileiros.
A publicação traz na capa a “Mãe Zungueira”, “a mulher guerreira, sofrida e trabalhadora, que exprime a personalidade forte da mulher africana, num desenho do artista angolano Pinto Marques”.
A revista já tinha sido apresentada antes em Angola, nas províncias de Luanda e Uíge e traz ainda nesta nova edição trabalhos de 15 escritores angolanos, de diferentes províncias. O próximo número da revista é apresentado em Janeiro de 2015 e é uma homenagem a Moçambique e a trajectória vitoriosa de Samora Machel na luta pela Independência. A capa é da autoria do artista moçambicano Pinto Zulo.
Roberto Leal adiantou que este número tem confirmadas as participações dos autores Paulo Nguenha, Abdul Adamo, Hirondina Joshua e Tsemba Archeiro. A mesma é apresentada em Maputo.

Autores brasileiros

A segunda edição do livro “C’alô & crónicas feridas”, da autoria dos brasileiros Duglas de Almeida e Carlos Souza Yeshua, foi outro dos lançamentos deste final de semana no Namibe.
O livro conta as aventuras e o romance de um poeta pobre e uma milionária judia, já prometida em casamento, e que se conhecem num anúncio de classificados de um jornal. A revista “Ómnira” e a União Baiana de Escritores têm procurado criar laços mais fortes na área do intercâmbio literário, com o objectivo de descobrir novos autores de língua portuguesa.
O resultado deste intercâmbio já resultou na publicação de trabalhos de autores de Angola, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e Timor-Leste.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA