Ngola Casaca expõe moedas antigas

Manuel Albano |
31 de Agosto, 2015

Fotografia: Mota Ambrósio

O artista plástico Ngola Casaca inaugura amanhã a exposição individual de serigrafia e instalação intitulada “Viver Noutra Dimensão”, na União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP), na Baixa de Luanda.

O autor disse ontem ao Jornal de Angola que a exposição tem como base notas antigas da moeda angolana, o Kwanza, utilizando a serigrafia e a instalação.
A exposição de 12 quadros e oito instalações está patente ao público até ao próximo dia 16 de Setembro, e é um registo de todas as fases do Kwanza ao longo dos 40 anos de Independência de Angola.
O artista pretende continuar a produzir obras de serigrafia e instalações. “Vou trabalhar mais em obras feitas com base na serigrafia e instalação, por ser um desafio por mim”, explicou. 
Depois de viver na Europa e Ásia, o artista ao país há três anos com o objectivo de ajudar a promover as artes plásticas e transmitir o seu legado de mais de 42 anos como artista. “É importante motivarmos o público a participar mais em eventos como este e não pensarem que esses acontecimentos sejam dirigidos apenas a um público específico”, sublinhou.
Ngola Casaca é artesão, gastrónomo e cenógrafo de teatro e televisão. Formado em vitrais em Coimbra (Portugal), já fez várias exposições individuais e afirma-se como um artista de rua. Os seus trabalhos são temáticos e costumam ser apresentados em espectáculos de teatro e humor.
 Já expôs em ruas e avenidas em Portugal, Espanha e Bélgica. Actualmente, Ngola Casaca desenvolve, em parceria com a gestão da Baía de Luanda, o projecto denominado “Feira de Artesanato de Cultura e Artes”, um espaço que alberga, aos sábados e domingos, exposições e espectáculos, como forma de estimular a interacção entre os artistas e o público.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA