Nova geração de artistas realiza mostra colectiva

Roque Silva |
21 de Junho, 2014

Fotografia: Eduardo Pedro |

O Ministério do Interior abre amanhã, às 9h00, no Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais, na via expresso Viana-Benfica, e às 17h00, no Palmeirinhas Clube, na Ingombota, em Luanda, duas exposições colectivas de artes plásticas, por ocasião do seu 35º aniversário.

O comissário e curador da exposição, composta por 24 quadros de pintura e gravura, feitos com várias técnicas, disse que os trabalhos da mostra, denominada “Momentos Artísticos”, podem ser vistos até ao dia 28.
Domingos Sebastião explicou que alguns quadros expostos no Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais vão ser transportados para o Palmeirinhas Clube.
Os trabalhos foram feitos pelos artistas Antoninho, Kito Kimbenze, Dramane e Dey Land, e fazem parte de um conjunto de obras novas e outras escolhidas minuciosamente para a referida exposição.
O comissário considerou a data oportuna, por permitir aos artistas mostrarem o seu conhecimento filosófico e a inspiração natural através das suas obras. Na sua perspectiva, as instituições devem cooperar mais com os artistas, para que estes possam ter incentivo para expandirem com mais rapidez o seu trabalho.
“As mensagens dos quadros promovem a cultura e a socialização e representam uma excelente oportunidade para se ter uma melhor noção da actual produção artística nacional”, defendeu, acrescentando que é também uma prova da aposta do Ministério do Interior nas artes.
O Ministério do Interior é um Órgão da Administração Central do Estado, ao qual compete responsabilidades múltiplas, entre as quais se destacam a manutenção da ordem pública, prevenção e combate a incêndios, calamidades, controlo da entrada, saída e ermanência de estrangeiros, bem como a execução das penas cominadas pelos Tribunais.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA