Novos estilos são louváveis


22 de Julho, 2014

Fotografia: Paulino Damião |

Legalize considerou o surgimento de novos ritmos musicais como um sinal do actual engrandecimento e força do mosaico artístico angolano.

Em declarações à Angop, o músico disse que o aparecimento de estilos como o kuduro, afrohouse e beats, demonstram a evolução que a música angolana tem tido ao longo dos anos. “Os criadores destes estilos devem ter o apoio dos músicos consagrados e dos instrumentistas”, disse.
Para Legalize, cada geração segue, em geral, um estilo musical e estes novos ritmos, kuduro, afrohouse e afrobeats, são o que os jovens escolheram agora. “O facto de existirem muitos jovens inclinados para as novas tendências não significa que o semba ou outros ritmos estejam em perigo”, salientou.
O cantor reconheceu que há mais investimento no mercado, o que tem permitido aos artistas desenvolver as suas actividades, mas pediu mais atenção ao campo da formação profissional.
Quanto aos futuros projectos, informou que está a trabalhar num novo CD, ainda sem título, que deve ser lançado dentro de meses.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA