Novos talentos em Saurimo ajudam a preservar folclore

Adão Diogo | Saurimo
11 de Junho, 2015

Fotografia: Joaquim Munji | Saurimo

Chimas Lau disse ontem, em Saurimo, estar satisfeito com o surgimento de novos intérpretes que ajudam a divulgação e preservação dos géneros musicais e danças na região.

O cantor, com 15 anos de carreira, afirmou ser importante que os artistas locais apostem mais na formação musical e académica para transmitirem melhor as mensagens com conteúdos melhor elaborados e de fácil compreensão. 
Chimas Lau elogiou o trabalho desenvolvido por Cigano Weza, Namanhonga, Dj Clocker e pelo grupo musical Moyo Wenu na preservação dos géneros musicais da região, especialmente as danças tchianda e secussa.
O primeiro disco de Chimas Lau tem 17 temas em kizomba, rap, pop dance, balada e r&b cantados em português e tcokwe.  Tony Nguxi e Gabriel Tchiema, confessou, têm sido a sua fonte de inspiração por lhes reconhecer qualidades na forma de cantar e interpretar os seus temas nos ritmos da região.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA