Cultura

Obra de José Mena Abrantes revisitada na Biblioteca Camões

José Mena Abrantes é a figura da quarta edição do programa literário “Escritor do Mês na Biblioteca Camões”, a decorrer nos dias 2 e 22 de Maio, no Centro Cultural Português, em Luanda.

Fotografia: Edições Novembro

O programa consiste na leitura colectiva de extractos de obras e da biografia do autor. A actividade é realizada pelo Núcleo de Leitura, inclui momentos interactivos dos leitores, conta com a participação activa de estudantes universitários, do ensino médio e outros utentes da Biblioteca, sem a presença do escritor.
A escolha de Mena Abrantes para o mês de Maio, de acordo com uma nota de imprensa, deve-se ao aniversário do Elinga Teatro, grupo que o escritor e dramaturgo dirige há 30 anos.
“O evento vai servir para revisitar a obra do consagrado escritor, dramaturgo, ensaísta, contista, crítico literário e poeta José Mena Abrantes”, refere o documento.
Mena Abrantes é fundador do Elinga Teatro, um dos mais antigos e conceituado grupo de teatro angolano. A ligação ao teatro é multifacetada, já actuou como actor, além de encenador, director, ensaísta e dramaturgo.
Natural de Malanje, Mena Abrantes é licenciado em Filologia Germânica. Iniciou a carreira jornalística em 1975, é co-fundador da Agência Angola Press (Angop), da qual foi chefe de Redacção, entre 1975 e 1981, e director geral, entre 1981 e 1983. Foi responsável pelo sector de divulgação da Cinemateca Nacional, assistente de Informação, Assessor de Imprensa e Assessor Cultural do Presidente da República.
Dirige, desde 1988, o grupo Elinga Teatro, e publicou 14 peças de teatro.

Tempo

Multimédia