Obras de Saramago regressam ao cinema


5 de Julho, 2014

Fotografia: DR

O filme “Enemy”, do realizador Denis Villeneuve, resultado da adaptação do livro “O homem duplicado” de José Saramago, já está nos cinemas, quatro anos depois da morte do Nobel da Literatura.

O filme, que estreou em Espanha no mês de Março, por ser uma co-produção do Canadá e de Espanha, teve como argumentista o espanhol Javier Gullón e conquistou o Prémio Méliès d’Argent no Festival Internacional de Cinema Fantástico da Catalunha, em Sitges. Realizado pelo canadiano Denis Villeneuve, tem a participação dos actores Jake Gyllenhaal, Mélanie Laurent, Sarah Gadon e Isabella Rossellini.
"Enemy" foi este ano o principal vencedor dos prémios canadianos de cinema, ao conquistar cinco das dez categorias para as quais estava nomeado, incluindo melhor realização, montagem, cinematografia, música e actriz secundária, Sarah Gadon.
Os produtores descrevem o filme como um “thriller” erótico, que explora a mente de um homem em crise. Adam (Jake Gyllenhaal) é um professor que leva uma vida monótona até que descobre a existência de Anthony, um actor de pouco relevo que é fisicamente igual a ele. A adaptação cinematográfica, que para os críticos não respeitou fielmente o livro de José Saramago, explora, na opinião de Denis Villeneuve, o lado psicológico humano, numa visão muito distante da comum.
O realizador, que conquistou reconhecimento depois de “Incêndios”, nomeado para o Óscar de melhor filme estrangeiro, e de “Os Suspeitos”, apostou mais, de acordo com os críticos, na simbologia do drama do que nas grandes acções características da personagem. “Há muitas mudanças em relação à história original. Algumas alterações eram necessárias, como por exemplo a tradução de nomes do português para o inglês, porque não fazia sentido o professor continuar a ser Tertuliano Máximo Afonso, num filme feito no Canadá”, disse o realizador.
No filme, a personagem foi “baptizada” de Adam Bell e o seu duplo, interpretado por Anthony Claire, chama-se Daniel Saint-Claire. Outra alteração foi a adaptação aos novos tempos, já que no livro, de 2002, a personagem principal procura o outro a ver vários filmes através de cassetes vídeo VHS, actualmente muito raras de encontrar.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA