Organização estende prazo para inscrições no concurso


4 de Fevereiro, 2016

Os músicos interessados em participar na edição deste ano do concurso Angola Music Awards têm até o dia 12 do corrente, revelou ontem ao Jornal de Angola o seu director-geral.

Daniel Mendes informou que o prazo de registos dos músicos, inicialmente fixado para 31 de Janeiro, foi prorrogado por uma semana e meia por se registar pouca adesão nas inscrições e o número de  inscrições está muito aquém das expectativas da organização, tendo anunciado a recepção de  cartas de músicos que ainda não se registaram a tempo e que mostraram interesse em fazê-lo.
Muitos artistas interessados não cumpriram alguns requisitos exigidos pelo regulamento, como a apresentação das músicas e vídeos em CD e de uma biografia actualizada na página oficial da internet do concurso.
Daniel Mendes lamentou o facto de haver um elevado número de cantores que tem divulgado  as suas canções e videoclipes nas mais variadas plataformas digitais e ainda encontram dificuldades em editá-los em formato físico.
As inscrições devem ser feitas na página oficial da internet do concurso, (www.angolama.com).
A edição deste ano conta com 20 categorias, menos cinco que na anterior, a designar: álbum e música do ano, melhor grupo, artista, DJ, o mais votado na Internet, videoclipe, produtor musical, afro jazz-world music, r&b-soul, kuduro, afro-house-dance, rap-hip-hop, gospel, semba, kizomba, melhor música popular regional, artista masculino e feminino e artista revelação.
 
Vantagens

A internacionalização da carreira é a principal vantagem dos artistas que participam e vencem categorias do concurso Angola Music Awards.
Daniel Mendes disse que músicos têm conseguido fruto das parcerias que a organização tem com as suas congéneres no exterior, sobretudo as que estão fixadas em países de língua oficial em portuguesa.
O responsável destacou os músicos Yola Semedo, vencedora da passada edição, e Totó, vencedor da categoria Melhor Afro Jazz, cujos seus espectáculos realizados o ano passado em Lisboa foram transmitidos na RTP África, graças os acordos assinados entre a televisão e o Angola Music Awards.
A edição passada foi realizada na Lunda Sul e teve como vencedor a cantora Yola Semedo, que conquistou as categorias melhor álbum do ano, com o CD “Filho Meu”, artista feminina, semba do ano, pelo tema “Você me abana”, e Kizomba, por “Volta amor”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA