Cultura

Óscar Ribas é um dos autores notáveis

Mário Cohen

O ensaísta e escritor Óscar Ribas é um dos autores notáveis da literatura angolana, fruto do vasto legado que deixou à juventude, afirmou, quarta-feira, em Luanda, o antropólogo Virgílio Coelho.

Fotografia: DR

Virgílio Coelho fez esta afirmação na habitual “Maka à Quarta-Feira”, na União dos Escritores Angolanos (UEA), que visou homenagear o 110º aniversário de nascimento Óscar Ribas, que se assinala amanhã.
Sobre a dimensão cultural do escritor, o antropólogo disse que sempre se falou da grandeza literária de Óscar Ribas, quer em Angola, quer no exterior. Explicou que, pelo facto de os livros de Óscar Ribas serem de leitura obrigatória, foi distinguido por duas vezes com o Prémio Nacional de Cultura e Artes, nas áreas de Literatura, Investigação Científica e Ciências Humanas Sociais.
Para Virgílio Coelho, as obras deste escritor têm uma dimensão que obriga que se desenvolva um forte trabalho no sentido de o legado por ele deixado ser do conhecimento das gerações vindouras.
O antropólogo reconheceu que a falta de obras do escritor, nas livrarias de Luanda, tem influenciado no pouco conhecimento, por parte da juventude, da vida e obra do etnólogo angolano, considerado um dos fundadores da ficção literária nacional.
Virgílio Coelho frisou que o Ministério da Cultura reeditou, há alguns anos, as obras de maior destaque de Óscar Ribas, com a intenção de divulgar e promover, ainda mais, o trabalho desenvolvido por este autor, mas que não há nas livrarias.
Óscar Bento Ribas que nasceu a 17 de Agosto de 1909, em Luanda, morreu a 19 de Junho de 2004, em Portugal.

Tempo

Multimédia