Óscar de melhor actriz vendido em leilão


17 de Outubro, 2014

A estatueta do Óscar de melhor actriz atribuído a Joan Fontaine em 1941 vai ser leiloada, anunciou a Christie’s na terça-feira, numa venda rara do prémio máximo de Hollywood.

Joan Fontaine, que morreu no ano passado aos 96 anos, ganhou o prémio pelo seu papel no filme de investigação policial “Suspeita”, de Alfred Hitchcock, nio qual actuou ao lado de Cary Grant. Ela foi a única a ganhar um Óscar num filme de Hitchcock.
A estatueta, informou a casa de leilões, pode render entre 200 e 300 mil dólares, numa venda marcada para 11 de Dezembro, em Nova Iorque.
A Christie’s também anunciou que vai pôr à venda, entre Novembro e Janeiro, a propriedade de Fontaine em vários leilões.
 As estatuetas do Óscar são objectos raros porque, a partir de 1950, a Academia de Artes e Ciências proíbe os vencedores, os seus herdeiros ou espólio de venderem o troféu sem primeiro o oferecer à Academia, por um dólar.  A Academia não respondeu a um pedido de comentário sobre a venda do Óscar de Joan Fontaine.
Os rendimentos obtidos com a venda dos bens de Fontaine, que segundo a Christie’s podem chegar a um milhão de dólares, vão beneficiar a Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra os Animais em Monterey, no norte da Califórnia, Estados Unidos.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA