Arte do Prado é a mais vista


7 de Janeiro, 2015

Fotografia: Divulgação

O Museu do Prado, em Madrid, recebeu 2,5 milhões de visitantes em 2014, um aumento significativo, depois de em 2013 ter registado uma quebra no número de entradas, em parte devido ao Museu Rainha Sofia, aberto mesmo ali ao lado, que o ano passado teve menos visitas.

Segundo os dados revelados pelo Museu do Prado, a instituição espanhola registou no último ano um crescimento de 7,65 por cento comparativamente com 2013, quando foi visitado por 2,3 milhões de pessoas.
Consequentemente, o museu aumentou também as receitas de bilheteira em 14,31 por cento, ultrapassando os 15 milhões de euros face aos 13 milhões do ano anterior.
O Museu Rainha Sofia registou uma quebra em 2014 face a 2013. No ano que agora acabou, o museu recebeu 2,6 milhões de visitas, um número distante do alcançado em 2013 quando se registou o recorde histórico de 3,1 milhões de visitantes, graças ao sucesso da exposição antológica dedicada a Salvador Dalí.
Em comunicado, o museu destacou “a linha ascendente dos últimos anos” que se mantém, lembrando que apesar da quebra foram mais de 100 mil as pessoas que visitaram o Museu Rainha Sofia em 2014 comparativamente com 2012. A mostra dedicada a Richard Hamilton foi uma das mais populares de 2014, tendo sido procurada por 310 mil pessoas. A par do Museu do Prado e do Rainha Sofia, há ainda o Museu Thyssen-Bornemisza, que devido à sua posição estratégica forma o “Paseo del arte” em Madrid, sendo também conhecido como o “Triângulo de Ouro”. O Museu Thyssen-Bornemisza registou também uma tendência positiva, com um ligeiro aumento no número de visitantes. Enquanto em 2013 foi visitado por 944,827 pessoas, em 2014 foi procurado por 998,992 visitantes. A exposição mais procurada no ano findo nesta instituição foi a de “Cézanne. Site/Non Site”, com 203,533 visitantes.
De acordo com os dados do ministério da Cultura espanhol, estes foram os três museus mais visitados em Espanha. Logo atrás, surge o Guggenheim de Bilbao, que pela sexta vez na sua história ultrapassou a marca de um milhão de visitantes. Os restantes museus mais visitados no país vizinho foram o Museu Nacional de Arqueologia, também em Madrid com 696,007 visitantes, o Museu de Altamira, na região de Cantábria, com 238,620 visitantes, e o Museu Nacional de Arte Romano, em Badajoz com 179,078.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA