Cultura

Feira de Variedades exibe potencialidades

Domingos Mucuta | Lubango

A diversidade cultural dos povos da região Sul está, desde ontem, exposta na primeira edição da Feira de Variedades Culturais, inserida nos festejos do Dia da Cultura Nacional, uma promoção do Governo da Província, em parceria com o Museu Regional da Huíla.

Instalações do Museu Regional da Huíla acolhem a iniciativa
Fotografia: Domingos Mucuta | Edições novembro

A directora do Museu Regional da Huíla disse ontem ao Jornal de Angola,  que a Feira de Variedades Culturais vai decorrer até segunda-feira, com a participação de 20 expositores.
Soraia Santos Ferreira garantiu que a feira conta com vários espaços para a venda ao público de obras de artes plásticas, artesanato, bijuteia, olaria, cestaria, tranças tradicionais, gastronomia e livraria, além da exibição de dança, teatro e poesia.
A feira tem como objectivo proporcionar aos artistas e aos feirantes do museu um espaço para a exibição do potencial da cultura da região, a criação de momentos culturais e dar a oportunidade aos turistas nacionais e estrangeiros de adquirirem peças de arte. A directora  disse que este tipo de iniciativas servem para mostrar o potencial dos artistas locais e vai ser realizada igualmente nos meses de Maio, para assinalar o Dia Nacional dos Museus, e Setembro e Novembro, para saudar o Dia do Herói Nacional e mais um aniversário da Independência Nacional, respectivamente.

Abertura à comunidade
Soraia Santos Ferreira disse que o Museu Região da Huíla que recebe, anualmente, quase seis mil visitantes está aberto às comunidade para mostrar o acervo histórico e etnográfico disponível.
A responsável disse que o Museu Região da Huíla continua a ser uma instituição dinâmica e interactiva, ao contrário do que muitos julgam: ser um espaço para depósito de coisas velhas.
O museu dispõe de um acervo rico e capaz de contribuir para a elevação do nível de conhecimentos dos estudantes, investigadores e pessoas interessadas pela cultura, sabedoria e factos históricos milenares.

Tempo

Multimédia