Mercado da arte satisfaz Ihosvany


24 de Maio, 2015

O pintor Angel Ihosvanny considerou, ontem, em Luanda que as artes plásticas angolanas apresentam um crescimento satisfatório no que toca a realização de exposições e abertura de negócios.

Embora se registem ainda dificuldades com a compra  de materiais, Angel Ihosvanny, que se dedica à pintura acrílica mostrou-se satisfeito com o crescimento das artes plásticas nos últimos anos.
Na sua opinião a melhoria deve-se pelo surgimento de mais espaços de exposições, factor que  permite  aos artistas mostrarem as suas obras, bem como encnotrarem novos coleccionadores.
O artista, que apresentou recentemente uma exposição individual no Camões-Centro Cultural Português, intitulada “Donwtown NOW”, destacou as possibilidades de negócio   nos últimos anos para  venda de quadros a particulares e  empresas.
Angel  Ihosvanny  acredita que, com o crescimento económico que o país regista, desde o alcance da paz em 2002,  as artes plásticas  "têm um lugar especial na cultura, pela sua forma simples de traduzir a riqueza cultural de um povo".
Relativamente à compra de material de pintura, disse recorrer aos países vizinhos e à Europa, porque a venda no país é cara, elevando o custo final do produto.
Angel Ihosvanny Cisnero nasceu na Província do Móxico, em 1975. É autodidacta e integra a nova geração de artistas plásticos.
Integrou, desde o início, o movimento artístico   “Nacionalistas”, surgido em 1999.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA