Cultura

Obra de Kapela na mostra de Arte em Cape Town

O Espaço Luanda Arte (ELA) vai estar presente na Feira de Arte de Cape Town entre hoje e domingo, com a obra do artista Kapela Paulo intitulada “The Best Is Yet To Come”. Trata-se de uma instalação composta por várias obras suas desde “Poto-Poto” à técnica mista.

A grande novidade é que o próprio Kapela Paulo vai estar presente na feira. É a primeira vez, em 22 anos, que o artista viaja para fora de Angola e acompanha as suas obras. Da última vez, esteve presente na 1.ª Bienal de Joanesburgo, em 1995, em que fez parte de uma lista longa de artistas angolanos, entre os quais: Fernando Alvim, António Ole, Etona, Van, Marcela Costa, Zola Ndonga e António Gonga.
Kapela é considerado um dos pais da arte contemporânea angolana. A sua obra encontra-se em duas das principais colecções privadas do mundo de arte contemporânea africana, nomeadamente: Fundação Sindika Dokolo e CAACART de Jean Pigozzi.
Paulo Kapela começou a pintar em 1960 na Escola Poto-Poto (Brazzaville - República do Congo). Fixou-se em Luanda em 1996. A sua marginalização, impulsionada pelo facto de não dominar o português numa Luanda arreigada de hábitos assimilados (expressa-se maioritariamente em kikongo, lingala e francês), pode também estar associada ao estigma que até hoje assalta os angolanos originários das províncias do Zaire e do Uíje. O mestre Paulo Kapela nasceu em 1947, em Maquela do Zombo, província do Uíje.
O Espaço Luanda Arte está dedicado ao crescimento e reconhecimento da arte contemporânea angolana através da presença em feiras internacionais e a participação de artistas em residências pan-africanas e internacionais.

SAPO Angola

Tempo

Multimédia