Obra de Picasso oculta "fantasma"


23 de Junho, 2014

O quadro “Quarto Azul” da autoria de Pablo Picasso, datado do período entre 1901 e 1904 e objecto de estudo desde 2008, pode representar, de acordo com alguns especialistas, um pormenor muito diferente das suas outras criações artísticas.

Cientistas e especialistas em arte descobriram um quadro oculto por debaixo da pintura original, de uma mulher a tomar banho num cenário predominantemente azul. Raios infravermelhos revelaram um homem de laço, com a cara apoiada numa das mãos e três anéis nos dedos.
Antes, os especialistas em Picasso pensavam que o quadro, propriedade do The Philips Collection, em Washington, representava a influência que o pintor espanhol sofreu de vários artistas e a sua evolução para o “período azul”, assim chamado pelo predomínio desses tons nas suas obras dessa época.
Agora, depois da descoberta, os cientistas querem saber quem é aquele homem, o que pode significar e porque está escondido debaixo de uma das obras mais emblemáticas de Picasso. “É um mistério que os responsáveis do museu também querem ver esclarecido”, disseram.
Esta não é a primeira vez que uma imagem escondida é encontrada por debaixo de uma obra de Pablo Picasso. Em 2012, um restauro pormenorizado ao quadro “Mulher a Passar a Ferro”, feito pelo museu Guggenheim de Nova Iorque, encontrou uma representação de uma figura masculina de bigode.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA