Cultura

Património e turismo em destaque em Viana

Manuel Albano |

Um misto de alegria, emoção e tradição foi o que se constatou, ontem, no Mercado Comunal do Calumbo, no Município de Viana, onde se realizou o acto provincial para as celebrações do Dia da Cultura Nacional, cujo acto central ocorreu na Província da Lunda-Norte.

Visitantes acompanham ritual à volta do imbondeiro
Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Numa festa que contou com a presença da vice-governadora da Província da Luanda, Ana Paula Correia Victor e o secretário de Estado da Cultura, João Constantino, os habitantes de Calumbo evidenciaram  todo o potencial e valências do seu património histórico e cultural, de monumentos e sítios aos produtos provenientes do campo e da pesca.
A comuna esteve engalanada com as cores da bandeira da república, tendo ficado bonita para receber o acto provincial e os seus protagonistas. A dança e música tradicional, fundamentalmente, alguns momentos de cabecinha  com o grupo carnavalesco Viveiros do Njinga a Mbande, uma feira do livro, exposição fotográfica sobre o Corredor do Kwanza e a feira promovida pela administração local em parcerias com a cooperativa dos pescadores e agricultores denominado “União Baixo Kwanza” foram alguns dos momentos que marcaram  as celebrações consagradas ao Dia da Cultura Nacional.
A visita guiada a alguns dos principais locais e sítios históricos localizados no Corredor do Rio Kwanza na localidade de Calumbo,  como o Santuário da Igreja S. José de Calumbo, classificados como património cultural histórico angolano pelo Ministério da Cultura desde 11 de Novembro de 1959, ao medidor do nível da água, ao Ramal do Calumbo, aos Imbondeiros da Sereia e da Concentração de Escravos, foram alguns dos momentos que marcaram a actividade numa manhã bastante quente como é característico da região neste período temporal.

Tempo

Multimédia