Projecto Mbanza Congo analisado em encontro


29 de Junho, 2016

A preparação das condições técnicas, materiais e de diplomacia cultural para o avanço da candidatura de Mbanza Congo como património histórico da humanidade marcou um encontro de trabalho, ontem, em Luanda, entre a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, e o embaixador junto da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Na ocasião, a ministra da Cultura solicitou o apoio institucional do embaixador de Angola junto da Unesco, Sita José, para fortalecer a colaboração com o departamento ministerial da Cultura e a aproximação com os países vizinhos, representantes na UNESCO, para garantir a prossecução com êxito do projecto.
A titular da pasta da Cultura reafirmou a disponibilidade de prosseguir a colaboração com a UNESCO, na realização de acções conjuntas com vista a fortalecer as diferentes iniciativas em curso a favor da cultura da paz, dos valores cívicos, culturais e de cidadania.
O embaixador Sita José confirmou o seu empenho em contribuir para o bom andamento do projecto Mbanza Congo e continuar a trocar informações e dados que facilitem o desenvolvimento do mesmo, que vai constituir uma mais-valia não só para Angola como para a República Democrática do Congo, o Congo Brazzaville e o Gabão, países que constituem o Reino do Kongo. Para dar sequência ao trabalho, deve ocorrer uma visita de trabalho ao Centro Histórico de Mbanza Congo, província do Zaire.
O projecto “Mbanza Congo, cidade a desenterrar para preservar” foi lançado em 2007, em Mbanza Congo, pelo Ministério da Cultura, com a realização de uma mesa redonda internacional que abordou a mesma temática.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA