Cultura

Zimbabwe lidera Património Mundial

Angola passou, na terça-feira, em Paris, o testemunho ao Zimbabwe como vice-presidente do Património Mundial da UNESCO em representação do grupo da África Subsaariana, no âmbito da rotatividade geográfica.

Ministra da Cultura passou o testemunho a Rudo Chitiga
Fotografia: Edições Novembro |

Angola ocupou durante o ano  o cargo de vice-presidente do Bureau do Comité do Património Mundial da UNESCO.
No encontro com a embaixadora  do Zimbabwe junto da UNESCO, Rudo Chitiga, a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, disse ser uma honra entregar a um país irmão e da África Austral a responsabilidade e o compromisso de proteger e promover o património africano.
De acordo com a governante angolana, cabe agora ao Zimbabwe a preparação da reunião preparatória dos peritos do Comité  do Património Mundial em 2019. Carolina Cerqueira ressaltou  que a reunião deve ser antecedida de um encontro de peritos africanos, na sequência da reunião realizada em Luanda, em Junho deste ano, na qual participaram 11 países africanos.
A embaixadora Rudo Chitiga agradeceu a disponibilidade da delegação angolana e manifestou o desejo de continuar a cooperar com os países do grupo africano para preservar e proteger o património do continente berço da humanidade.
Rudo Chitiga disse que outro dos seus objectivos é trabalhar para que um maior número de bens culturais e naturais africanos sejam elevados a património mundial. 
O encontro, realizado na sede da UNESCO, contou com a presença dos representantes do Burkina Faso e da Tanzânia, como membros do Comité do Património Mundial.

Tempo

Multimédia