Património cinematográfico preservado


30 de Outubro, 2014

Fotografia: DR

O director nacional da Comunicação Social, Rui Vasco, disse, em Luanda, que a Associação Angolana dos Profissionais de Cinema e Audiovisual (APROCIMA) pode contribuir para as acções do Executivo de preservação do património cinematográfico nacional, tal como na recuperação das obras que reflectem aspectos históricos do país, desde a Independência.

Rui Vasco falava na cerimónia de tomada de posse dos corpos gerentes da APROCIMA, em representação do ministro da Comunicação Social, José Luís de Matos, que decorreu no auditório do Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR).
No discurso de tomada de posse, o presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Óscar Gil, disse que a formação e actualização dos associados é uma prioridade nas acções a levar a cabo nos próximos quatros anos.
A formação é dirigida aos jovens angolanos que têm demonstrado interesse e potencial criativo para seguir as áreas de realização, produção, iluminação, argumento, direcção de fotografia e edição, assim como aos mais velhos que reclamam por mais competências profissionais.
A Mesa da Assembleia-Geral tem como vice-presidente António dos Reis e a secretária é Zizina Gourgel. A comissão directiva é formada por Asdrúbal Rebelo (presidente), Francisco Pedro (secretário-geral), Tomás Ferreira (secretário para marketing estratégico e    intercâmbio), Louro Domingos (secretário administrativo e financeiro) e Simão Paulino (secretário para a comunicação e protocolo).
Fazem ainda parte da comissão directiva Sérgio Oliveira (secretário para a formação) e Manuel Terramoto (secretário para arquivo documental e arte). O conselho fiscal é composto por Marisol Kadiegi, presidente, Olímpio de Sousa, secretário, e Raul Booz, vogal.
Além da tomada de posse, a APROCIMA organizou as jornadas cinematográficas alusivas ao 27 de Outubro, Dia Mundial do Património Audiovisual, com a realização de uma palestra subordinada ao tema “Arquivos em Perigo - Que fazer”, proferida pelo director da Cinemateca Nacional, António Afonso.
Foi ainda realizada uma exposição de fotografia e cartazes de filmes, uma mostra de equipamentos de cinema, vídeo e televisão, e sessões de cinema. O Dia Mundial do Património Mundial foi instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). As jornadas tiveram a parceria da Cinemateca Nacional, Instituto Angolano de Cinema e Audiovisual, Televisão Pública de Angola, Luanda Antena Comercial, Edecine e CEFOJOR.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA