Peça foi adaptada ao cinema


16 de Dezembro, 2014

Fotografia: Divulgação

A versão cinematográfica da peça “Titus Andronicus”, cujas representações, em Inglaterra, no teatro Shakespeare’s Globe, provocaram dezenas de desmaios na plateia, estreia no próximo ano, noticiou o jornal “The Telegraph”.

Esta é a quinta vez que uma peça de teatro apresentada naquela sala é transposta para o cinema.
A peça, escrita por William Shakespeare e considerada pela crítica “grotescamente violenta e perigosamente experimental”, inclui 14 mortes, cenas de violação, mutilação e canibalismo.  Pessoas que assistiram à representação da peça disseram que se sentiram e tiveram noites de insónia. Também houve quem confessasse ter desmaiado durante as cenas mais violentas, principalmente a do assassínio dos filhos de Tamora, rival de Titus Andronicus, que são depois cozinhados para servirem de recheio a uma tarte.
Um porta-voz do teatro disse na altura ao “The Telegraph” que pelo menos cinco espectadores desmaiaram durante uma cena a da violação de Lavínia, filha de Titus, que depois surge com a língua e os braços cortados. “Shakespeare não esteve com rodeios quando escreveu Titus”, afirmou.
 Esta não foi a primeira vez que uma versão do espectáculo  “Titus Andronicus” provocou desmaios na plateia.
Peter Brook estreou em 1955 uma versão que, apesar de menos violenta, a provocou o desmaio de pelo menos três pessoas durante a cena na qual Titus corta a própria mão.
“A Lamentável Tragédia de Titus Andronicus” é considerada a peça mais sangrenta e violenta de Shakespeare. Escrita entre cerca de 1588 e 1593, conta a história de um general romano que procura vingar-se da rainha dos Godos, Tamora.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA