Cultura

Pintura de Fineza Teta exibida em Talatona

Mário Cohen

Um conjunto de dez obras de pintura da artista plástica Fineza Teta está patente des-de segunda-feira no Hotel de Convenções de Talatona, em Luanda, numa mostra individual intitulada “Colecção Gerações”.

Ministra Carolina Cerqueira testemunha a abertura da mostra
Fotografia: Dombele Bernardo | Edições Novembro

A exposição foi visitada pela ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, e está patente até ao dia 31 deste mês.
“Colecção Gerações” surge meses depois de Fineza Teta ter realizado a primeira exposição individual na cidade de Pretória, capital da África do Sul, intitulada “Printed Wo-man”, que marcou o início da sua internacionalização.
Utilizando a técnica de acrílico, óleo e colagem sobre tela, Fineza Teta apresenta retratos em que se destacam cores quentes, largas pinceladas e traços de simbologia da cultura africana.
Os quadros fazem parte do acervo da “Seven Art”, responsável pela produção e montagem das exposições de Fineza Teta. A “Seven Art” é uma empresa que promove a arte contemporânea nacional e inclui no seu acervo trabalhos de Paulo Kapela, António Ole e Van.
Segundo a artista, as obras foram produzidas durante seis meses e retratam a figura feminina, cujas razões a artista defende: “Alegria e amor, dando maior foco ao semblante de mulheres com tranças grossas, o que é típico de África, em que as senhoras apresentam sempre um pano, jovens e adultas, urbanas ou rurais, mães ou não, independentemente da profissão ou do sucesso e insucesso.”
Além de a maioria dos quadros retratar a beleza feminina, Fineza Teta pintou também homens.
Na sua opinião, os artistas angolanos estão bem representados no Brasil e Portugal. “Em Portugal, temos o apoio da União Nacional dos Artistas plásticos (UNAP), que há meses abriu uma casa de cultura”, frisou.
Detentora de diversos prémios nacionais e internacionais, Fineza Teta sobressaiu no mundo das artes plásticas ao vencer o grande prémio de pintura ENSA/Arte 2014, sendo assim a primeira mulher a receber o galardão nos mais de 20 anos de existência.

 

 

Tempo

Multimédia