Poesia de Neto tema de debate

Mário Cohen
7 de Novembro, 2014

A importância da poesia de Agostinho Neto no desenvolvimento da literatura nacional e a sua influ~encia na nova geração de autores foi tema deum debate realizado quarta-feira na União dos Escritores Angolanos, em Luanda.

O debate, enquadrado em mais uma edição do projecto “Maka à Quarta-Feira”, contou com a presença do escritor António Panguila como orador.Abordando o tema“A Mística Revolucionária na Poesia de Neto”, António Panguila abriu o debate que serviu ainda para mostrar a grande influência da obra e das ideias de Neto na sociedade angolana e no mundo.
O escritor lamentou, durante o debate, o facto da actual geração de autores e até mesmo a própria sociedade ser cada vez mais dependente dos meios tecnológicos, ao ponto de ignorar os ensinamentos enraizados na cultura nacional. “O mundo contemporâneo pensa que tudo pode ser resolvido pela ciência”, disse Panguila.
O escritor explicou que a mística na poesia de Neto era uma filosofia de acção literária e política. “A esperança é uma característica muito comum na sua poesia e uma fonte de inspiração, que deve servir de base para muitos jovens, por dar uma ideia de como devemos construir a nova Nação Angolana neste tempo de paz. Os textos poéticos de Neto traduziam os sonhos de um país melhor, como o que estamos a construir”, disse.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA