Poesia de Neto é declamada no Camões


7 de Setembro, 2016

Um recital de poesia denominado “Neto para o Mundo”, com Universo Mavambo, em homenagem ao Poeta Maior, é realizado hoje, às 18h30, no Auditório Pepetela do Camões-Centro Cultural Português, em Luanda.

No recital, o jovem poeta Universo Mavambo declama vários poemas de António Agostinho Neto, como “Caminho do Mato”, “Para Enfeitar os teus Cabelos”, “Noites no Mato”, “Na Pele do Tambor” e “Não me Peças Sorrisos”. O também poeta, Ângelo Reis declama o poema “Adeus à Largada”.
A actividade vai ser marcada com momentos musicais com o artista Hélvio que interpreta o tema “Os Meninos à Volta da Fogueira” e “Muxima Wami” e com a Orquestra Kamunga, que interpreta “Tata Nkento” de Teta Lando, “Velha Xica” de Waldemar Bastos e “Muxima” do conjunto Ngola Ritmos.
O recital, que conta com a colaboração da direcção do Movimento Lev’Arte, é apresentado por Sofia Lucas e pelo secretário-geral do Movimento literário Lev’Arte, Kiocamba Cassua.
O poeta e declamador Universo Mavambo nasceu em 1988, em Luanda. Começou a interessar-se pelo mundo das letras depois de ter lido a obra “Sagrada Esperança” de Agostinho Neto. A partir daí, começou a ler outros autores como Jofre Rocha, José Luís Mendonça, António Jacinto e Alda Lara.
Em 2008, integra o Movimento Lev’Arte. Em 2011, cria, juntamente com Santo Kimbalambe, a rubrica “Passarela Poética” do programa Zimbando da TV Zimbo. Nesse mesmo ano, foi coordenador do Atelier de Literatura da Universidade Católica de Angola.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA