Cultura

Poesia no feminino junta em colectânea

Mário Cohen

“Borboletras” é o título da colectânea feminina de poesia de escritoras do Movimento Elas e as Letras a ser lançada hoje, às 18h00, no Palácio de Ferro, em Luanda, com a chancela da Yossu Editora.

Fotografia: DR


A colectânea de nove capítulos reúne textos poéticos de igual números de poetisas, nomeadamente Azul Fénix, Mara Moreno, Lady Rosa, Brigitte Caffero, Aminata Feijó, Carla Faria, Marinela João, Lúcia Morais de Oliveira e Bel Neto. O livro, prefaciado por Kialunga Afonso vai ser apresentado pela professora de língua e literatura, Fátima Fernandes.
A colectânea retrata temas como a vida, a concepção, a traição, a dor, as saudades, os contos de fadas, a dádiva do recomeço, entre outros assuntos intrínsecos nos poemas que fazem parte do livro.
O escritor Kialunda Afonso realça ao Jornal de Angola que o livro é um reflexo da vida e a transfiguração de uma sociedade em crescimento, onde as mulheres ganham voz com a arte de escrever.
“Borboletras”, ressaltou, é uma colectânea escrita por mulheres para mulheres e para o Mundo. “As nove se-nhoras que hoje se dão a conhecer ao mundo literário, fazem parte do movimen-
to literário Elas e as Letras e encontram-se em diferentes estágios de escrita. Algumas, já têm livros publicados, outras, com livros por publicar neste mundo tumultuoso da escrita criativa, através desta colectânea.”
Segundo Kialunda Afon-so, as autoras da colectânea são senhoras dona de casa e com diferentes formações académicas que vivem e interagem na sociedade angolana, na qual dão voz à todas as camadas sociais das mulheres da sociedade angolana.
A colectânea “Borboletras” vai ser apresentada no dia 27, às 10h00, no Centro Cultura Roseira, em Cacuaco,  altura em que vai estar disponível nas livrarias 4 de Fevereiro, Mulemba e Lusíada, assim como nas lojas Kitec, no Kibabo de Viana, Filda e Mutamba.

Tempo

Multimédia