Premiados vencedores do Carnaval

Mário Cohen
22 de Fevereiro, 2015

Fotografia: Mota Ambrósio

O governador de Luanda, Graciano Domingos, procedeu ontem, na Liga Africana,  à entrega de um cheque no valor de três milhões de kwanzas ao União Sagrada Esperança do Rangel, grupo vencedor da classe A da 37ª  edição do Carnaval de Luanda, com 840 pontos.

O União Amazonas do Prenda, grupo vencedor da classe B, recebeu da Comissão Provincial do Carnaval de Luanda um diploma, troféu e um cheque de 1,5 milhão de kwanzas.  O vencedor da classe infantil, os Cassules do Sagrada Esperança, também do Rangel, foi premiado com um diploma e um cheque no valor de um milhão de kwanzas.
O União Tonessa, grupo homenageado na presente edição do Carnaval, recebeu do governador de Luanda um certificado e um cheque de dois milhões de kwanzas. Mamã Santa, a grande homenageada desta edição do Carnaval, recebeu da ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, um cheque no valor de 500 mil kwanzas. O União Mundo da Ilha, terceiro classificado da classe A, foi o vencedor do prémio BAI da canção do Carnaval para a classe A, com 151 pontos e recebeu um milhão de kwanzas. Na classe B, venceu o União Amazonas do Prenda, que foi contemplado com 500 mil kwanzas, enquanto nos infantis, os Cassules dos Jovens da Cacimba receberam 250 mil kwanzas.
O segundo classificado da Classe A foi o União 10 de Dezembro (820 pontos) e recebeu dois milhões de kwanzas. O terceiro, quarto e quinto lugar ficaram com o União Mundo da Ilha (811 pontos e 1,2 milhão de kwanzas), Njinga Mbandi (776 pontos e um milhão de kwanzas) e Povo da Samba (761 pontos e 800 mil kwanzas).  O grupo Amazona do Prenda foi o vencedor da Classe B, com 705 pontos, e recebeu 1,5 milhão de kwanzas. O Jiza ficou em segundo lugar e recebeu como prémio um cheque de um milhão de kwanzas. O terceiro, quarto e quinto lugares da classe B foram ocupados pelos grupos Geração do Mar, 17 de Setembro e Café de Angola.
Pelo regulamento do Carnaval de Luanda, os cinco primeiros grupos da Classe B ascendem à Classe A no ano seguinte, enquanto os seis últimos da Classe A, Etu Mudyetu, Domant, Dimba dya Ngola, Twafundumuka, Kabocomeu e 54, descem para a Classe B.
Na Classe Infantil, o segundo e terceiro lugar foram para os Cassules Kazukutas do Sambizanga e Jovens da Cacimba. O presidente do grupo União Njinga Mbandi, única agremiação do município de Viana na classe A, disse que já não vai participar no Carnaval de Luanda, por se sentir prejudicado pelo júri.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA