Cultura

Prémio aumenta categoria para distinguir a Literatura

Amilda Tibéria

Os prémios Globos de Ouro Angola, cuja gala de premiação da segunda edição realiza-se no dia 14 de Abril, em Luanda, passam a contar, a partir deste ano, com a categoria de Literatura, para o reconhecimento da obra e do autor do ano.

Fotografia: DR

A categoria, subdividida em Obra Literária do Ano e Autor do Ano, tem como membros do júri Cremilda Lima, José Luís Mendonça, Albino Carlos, Ismael Mateus, António Gonçalves, Maria Celestina Fernandes, Amélia da Lomba e Espigas de Sahel. 

A informação foi avança-da, na terça-feira, em Luanda, por Karina Barbosa, chefe executiva oficial (CEO) da Step, promotora de eventos e festivais, empresária e apresentadora de TV, durante uma conferência de imprensa.
A escritora e jurista Marta Santos, da Academia Globos de Ouro Angola, disse aos jornalistas que o prémio da categoria de Literatura é o reconhecimento do trabalho no género poesia, prosa ou romance do escritor que mais se destacou em 2018.
De acordo com Karina Barbosa, os prémios são atribuí-dos aos projectos e profissio-
nais que mais se tenham destacado no ano anterior, pelo que nesta edição são referentes ao ano de 2018, no país e no mundo nas diferentes áreas, com destaque para as artes, entretenimento, teatro, desporto, televisão, rádio, moda e música.
A CEO da Step afirmou que, este ano, foi igualmente incluída no prémio a categoria de “Globo de Ouro de Excelência”, a ser atribuído a um profissional, individualidade, instituição ou empresa cujo trabalho ou projecto tenha sido particularmente de impacto ou relevante para o país.
Os Globos de Ouro Angola são a mais importante gala de premiação do país, que prestigia o trabalho de profissio-nais e artistas de diversas áreas, destacando anualmente as pessoas que mais brilham.

Tempo

Multimédia