Prémios Palop vêm a Luanda


12 de Maio, 2016

Fotografia: Paulo Mulaza

Angola vai albergar em 2017 a primeira gala do prémios "Awards" da música dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), de acordo com os promotores da iniciativa Daniel Mendes e o cabo-verdiano Gilyto Semedo.

O projecto foi divulgado na semana passada, em Cabo Verde, por Gilyto Semedo, que confirmou ter sido Angola o país indicado para acolher a primeira edição, seguindo-se agora o grande desafio de angariar patrocinadores. “A gala para premiar os melhores da música a nível dos cinco países vai acontecer em todos os países por ordem alfabética, com a primeira edição a ser realizada em Angola”, anunciou.
Embora os membros da organização estejam engajados a trabalhar, admitiu que tudo depende do entrosamento entre as equipas que estão nos respectivos países.
Adiantou que Cabo Verde, Angola e São Tomé e Príncipe abraçaram a ideia, faltando Moçambique e Guiné-Bissau.
A gala dos melhores da música dos PALOP ainda não tem um mês definido para a sua realização.
Um dos critérios é o vencedor de cada país membro seja nomeado para a gala dos PALOP. Cada categoria vai ter cinco artistas, mais do que os três nas galas nacionais, afim de se formar uma “liga dos campeões dos palcos” dos PALOP.
“É um projecto ambicioso, que todos irão receber de braços abertos porque visa promover os artistas e a música dos PALOP. Também vai permitir uma maior união, facilitando que a nossa música tenha mais espaço na Europa, América e Ásia”, sublinharam os promotores do concurso.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA