Proezas do "Poeta Maior" apresentadas em exposição


8 de Setembro, 2014

A exposição em homenagem ao “Poeta Maior”, denominada “Agostinho Neto e a sua família”, com diversas fotos da sua juventude e a sua árvore genealógica, está patente na Mediateca de Luanda.

Na abertura da mostra, feita pelo coordenador da Comissão Executiva do FENACULT, Jorge Gumbe, estiveram presentes docentes e discentes de diversas escolas de Luanda.
Em declarações à imprensa, Jorge Gumbe destacou que a obra de Agostinho Neto deve ser perpetuada e o Ministério da Cultura, assim como os seus parceiros, tem realizado actividades a nível nacional e no exterior, mostrando o seu vasto trabalho. A vida de Agostinho Neto deve servir de modelo às novas gerações por ter sido dedicada especialmente às causas nobres. “A sua vida como nacionalista e patriota deve continuar a ser motivo de estudo para os académicos, investigadores e estar no currículo escolar, de forma que a juventude tenha contacto permanente com a sua obra”, defendeu.
O coordenador da Comissão Executiva do FENACULT enalteceu também o trabalho da Fundação Agostinho Neto, que tem realizado exposições e debates, com o intuito de dar continuidade à mensagem de Agostinho Neto entre a nova geração.
O programa de homenagem a Agostinho Neto, que foi aberto no dia 2 e termina no dia 30, contempla ainda leitura e análise da sua obra, recitais de poesia e palestras sobre “Os valores culturais da Nação na obra literária de Agostinho Neto”.

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA