Professores e pais devem incentivar as crianças a ler


12 de Junho, 2015

As crianças por falta de incentivo e acompanhamento adequado dos professores, pais e encarregados de educação lêem cada vez menos livros, preterindo-os a favor de computadores e telemóveis, disse ontem à Angop John Bella.

O escritor lamentou que não haja nos currículos escolares uma disciplina sobre literatura angolana que faça as crianças verem no livro “um verdadeiro amigo” e que por causa disso se tornem dependentes das novas tecnologias.
John Bella referiu a importância dos professores e encarregados incentivarem os alunos à leitura de livros que lhes estão destinados, com debates nas salas de aulas.
O escritor sugeriu que a merenda escolar seja acompanhada de um livro, nem que seja apenas uma vez por mês e com a obrigação da criança contar a história que leu numa aula e a criação de uma comissão, com especialistas, escritores, críticos e editores, encarregada de avaliar o que deve ser publicado para crianças.
John Bella salientou que “esta comissão não reprovava os trabalhos dos escritores, mas fazia reparos e apresentava sugestões”.
John Bella nasceu a 30 de Setembro de 1968, em Luanda, no município de Sambizanga. Depois de terminar os ensinos primário e secundário, fez formação em Jornalismo no Instituto Médio de Economia de Luanda (IMEL).

capa do dia

Get Adobe Flash player




ARTIGOS

MULTIMÉDIA